quarta-feira, 25 de agosto de 2010

E o gato Oscar vai para as telonas...


Você já ouviu falar em um gato de nome Oscar que prevê a morte de pacientes terminais em um hospital dos Estados Unidos? Pois bem. Se não sabe muita coisa sobre este “vidente felino”, em breve poderá ficar por dentro dessa história através de um filme inspirado na trajetória misteriosa e intrigante de Oscar, de apenas cinco de vida, que vive no Steere House Nursing and Rehabilitation Center, em Providence, Rhode Island.
Segundo informações da revista Variety, o longa será uma adaptação do best-seller “Making the Rounds With Oscar: The Extraordinary Gift of an Ordinary Cat”, do médico David Dosa. O projeto terá como roteiristas Stephen P. Lindsey e Luiz Ugaz.
Aliás, Stephen já tem certa experiência em escrever roteiros de filmes baseados em histórias ligadas à animais excepcionais e intrigantes, pois esteve à frente da história do longa baseado em fatos reais “Sempre ao Seu Lado”, que mostra o fidelíssimo cachorro Hachi, que mesmo após a morte de seu dono nunca o esquece e espera o seu retorno por cerca de 9 anos.

O gato Oscar, que tende a se tornar em breve um astro do cinema.

Oscar apareceu ainda filhote no centro médico. Mais ou menos um ano depois, os funcionários do local começaram a notar que ele se aproximava dos pacientes horas antes deles partirem dessa para uma melhor.
As explicações para tal sensibilidade felina referente à morte são de que o bichano seja sensível aos odores associados ao óbito. O longa foi encomendado pela Wind Dancer Films e Anonymous Content e girará em torno da rotina do gato pelos corredores do hospital e também do envolvimento do autor do livro, o médico geriatra David Dosa, com a descoberta da habilidade do gato que abalou sua própria crença no sistema e nos cuidados dispensados a pacientes terminais.
Pessoalmente, eu mal posso esperar por esse filme. Já havia ouvido falar da incrível e diferente habilidade de Oscar e tenho certeza que se for bem produzida e contada, essa história resultará em um longa inesquecível. Além disso, gosto muito de gatos e isso só tende a aumentar a minha ansiedade e a vontade de que seja produzido um bom filme.

Em tempo: Em um dos episódios da série House, exibida no Brasil pela Rede Record, há uma história bastante parecida com a do futuro astro do cinema Oscar. A inspiração para o “personagem” surgiu exatamente do bichano do ambulatório norte-americano. O episódio chama-se Here Kitty.

 Fontes: UOL Cinema e R7

5 comentários:

• blogaritmox • disse...

Quando li o post, logo associei com o episódio de House. Eles encontram uma explicação para o caso do gato, mas na versão deles.

Se o episódio foi legal, rendeu uma boa história, o filme deve seguir esse mesmo caminho.

Britto disse...

Interessante, não conhecia a história de Oscar, nem esse episódio de Houe. Fiquei curioso.

@Raspante disse...

É polvo vidente...gato vidente...todos os animais resolveram virar videntes ??

Augusto César disse...

Ain, muito fofo esse Oscar! Adoooro gatos, sabia?! Tenho dois: Pepe e Pandora. Hehehe... Também não conhecia a história desse bichano, que é, diga-se de passagem, interessante e sinistra ao mesmo tempo. O filme deve ficar legal... Abraço!

My crazy world disse...

Eu gosto de gatos, mas deste eu quero distancia.