sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Por onde anda? - Soleil Moon Frye, de "Punky, A Levada da Breca"



Durante os anos 80 e 90 um excelente e divertido seriado fazia a alegria da criançada (e dos joves e adultos também) ao mostrar a história de uma garotinha de 7 anos muito engraçada, inteligente e bem-humorada. Estou falando de “Punky, A Levada da Breca” (Punky Breswter), a série da NBC exibida no Brasil pelo SBT, que nos divertia com as situações inusitadas e atrapalhadas da menina que fora abandonada pelos pais e que mais tarde acabou sendo adotada pelo fotógrafo Arthur Bicudo (Henry Warnimont). Através de uma história bem-humorada e muitas vezes emocionate e cheia de lições acerca da infância e da vida, podíamos acompanhar a trajetória da pequena Punky ao lado de amigos como Cátia (Cherry Johnson), Luíza (Betty Johnson), Junior Anderson (Alley Anderson), Margot (Margaux Kramer) e o cão Pinky (Brandon).
Mas a pergunta principal da nossa seção e que todos querem saber a resposta é a seguinte: Por onde anda Soleil Moon Frye, a atriz que interpretava Penelope Brewster, mais conhecida apenas como Punky? Antes de responder à esta pergunta, é melhor conhecer um pouco a vida e trajetória artística de Soleil.


Soleil Moon Frye nasceu em 6 de agosto de 1976, na cidade de Glendora (Califórnia, EUA). Filha do veterano ator Virgil Frye e de Sondra Peluce Londy, ela começou a atuar com apenas 2 anos de idade, depois de ver seu pai e seu irmão Meeno Peluce na televisão.
Seu primeiro filme foi “Missing Children: A Mother's Story”, em 1982 e dois anos depois, aos 7 anos de idade, Soleil se tornou mundialmente conhecida através do papel da pequena Punky Brewster, no seriado homônimo. Além de interpretar a famosa e inesquecível personagem, ela também gravou a voz do desenho animado correspondente lançado como forma de aproveitar o sucesso do seriado. Também nessa época, sua voz também apareceu na produção “The Real Ghostbusters”.
Nos primeiros anos da década de 90, Soleil participou de algumas produções que não tiveram muita repercussão no universo cinematográfico, como por exemplo: “The Liars' Club” (1993), “The St. Tammany Miracle” e “Pumpkinhead II: Blood Wings” (ambos em 1994).
Já, em 1992, aos 16 anos, ela fez uma cirurgia de redução de mamas, devido a intensas dores nas costas.
Apesar de ter desaparecido bastante da mídia, Soleil continuou atuando em vários filmes desconhecidos. Atuou, escreveu e dirigiu o filme “Wild Horses”, de 1998, também conhecido como “Lunch Time Special” e participou do longa “I’ve Been Waiting for You” no mesmo ano.
Durante este período em que passou a fazer participações variadas em produções cinematográficas e televisivas, a sua mais importante atuação foi em “Friends” (1999). No consagrado seriado, ela interpretou a personagem Katie, no episódio “The One with the Girl who Hits Joey”. Katie era uma das namoradas de Joey, que por todo e qualquer motivo reclamava e dava pequenos socos no jovem atrapalhado. Em 2001 Soleil participou do programa “The Proud Family” (Família Radical) do Disney Channel fazendo a voz de Zoey Howzer. Em seguida fez a voz de Jade no seriado “Bratz”.
Entre os anos de 2000 e 2003, a eterna intérprete de Punky fez o papel de Roxie nos três últimos anos da série "Sabrina, a Aprendiz de Feitiçeira" (Sabrina, the Teenage Witch). O seriado trazia no papel principal Melissa Joan Hart, que havia feito testes para o papel de Punky Brewster no início da produção da série. Desde então, as duas se tornaram grandes amigas.
Soleil casou-se com o produtor da MTV e ator de TV Jason Goldberg (do reality show “Punked” e do filme “O Efeito Borboleta”) em 25 de outubro de 1998 em Los Angeles. Sua primeira filha, Poet Sienna Rose Goldberg, nasceu em 24 de agosto de 2005, também em Los Angeles. Em 17 de março de 2008 ela deu à luz seu segundo filho, Jagger Joseph Blue Goldberg.
Ela também converteu-se à Cientologia, mas não a pratica mais. Atualmente é co-fundadora da Little Seed, uma boutique para crianças com foco na preservação do meio-ambiente, na cidade de Los Angeles.
Durante o auge de sua carreira, Soleil era realmente muito famosa e aparecia freqüentemente na mídia e principalmente nas capas de revistas. Hoje ela é uma atriz que se tornou quase que totalmente esquecida pelo público da atualidade. Porém, no meu modo de ver, se ela realmente está fazendo trabalhos que gosta, seja no cinema e na TV ou na sua boutique infantil, não há motivos para considerá-la uma artista que não teve êxito na sua carreira. Nem sempre a fama eterna é o objetivo de muitos atores e atrizes, e eles preferem participar de trabalhos cinematográficos menores e não se expor tanto na mídia em geral. Ou seja, o que importa é a satisfação pessoal e profissional.

Soleil Moon Frye com o marido Jason Goldberg e os filhos Poet Sienna Rose
e Jagger Joseph Blue.

6 comentários:

Britto disse...

Cresceu e se tornou uma mulher linda!
Que bom que não teve o destino de outros astros mirins...

Thaza disse...

Adorava ver a Punky. Legal saber que ela tem uma família e faz o que gosta.
Melhor fazer o que gosta do que um estrelato forçado.
Bjão

BLOGARITMOX disse...

Um pitelzinho!

Infelizmente sua carreira não rendeu taaanto depois que acabou Punky, mas paciência. Ela não está mal!

Keli Wolinger disse...

Punky realmente era um máximo o sr. Bicudo e o seu eterno mal humor kkk... ela pode não ter feito tanto sucesso após o término do seriado, mas não tornou-se uma depressiva que acabou com sua vida é uma mulher linda e bem casada .
Parabéns para ela.
Abraços, Keli

diego faustino oliveira disse...

Eu e minha esposa adoramos a pank

diego faustino oliveira disse...

Se voces souber do alqum fan club ou facebook da pank por favor mande comentario para diego_urameche@hotmail.com nosso imail queremos contato com a triz pank. muito obrigado