domingo, 11 de outubro de 2009

E o público infantil? Como fica?


Na véspera do Dia das Crianças, uma crítica que interessa muito a todas elas.



Há tempos, as pessoas que gostam, acompanham ou trabalham com o tema TV, percebem e discutem a pouca importância que a televisão brasileira vem dando ao público infantil. A programação que antes contava com bons programas de entretenimento voltados para as crianças, nos quais se podiam encontrar informações, curiosidades, divertimento e desenhos animados, atualmente apresenta poucas opções aos telespectadores mirins e os que existem ainda deixam muito a desejar no quesito qualidade.
Atrações como “TV Colosso”, "Xou da Xuxa", "Caça-Talentos", "Bambuluá" (da Rede Globo), “Bom Dia & Cia.” (nos seus primórdios), Disney Club (SBT) e “Eliana & Alegria” (Record) ficaram somente na lembrança e sinceramente poucas são as esperanças e possibilidades de que programas desse nível retornem à nossa querida TV.
Hoje em dia, expor as crianças a uma overdose do malvado e impiedoso Pica-Pau é dedicar programação infantil às crianças. Ou então exibir desenhos quase que ininterruptamente, tendo nos “intervalos” somente a aparição de apresentadores que falam duas ou três frases feitas (leia-se TV Globinho) ou sortear prêmios diversos para quem vencer diferentes games infantis (leia-se Bom Dia & Cia).
Na Rede Globo a principal atração infantil é um programa que já perdeu a conta de apresentadores e que apesar dos bons desenhos animados, deixa muito a desejar. É notável que a produção do programa tenta variar as animações e séries exibidas, porém, atração ainda está muito distante do ideal de programa infantil. Talvez por causa de fracassos de audiência, como “Xuxa no Mundo da Imaginação” e o antes diário “TV Xuxa”, a emissora esteja receosa de investir em novos programas dedicados a esta faixa etária, o que de certo modo é até compreensível. Mas será que um olhar diferenciado nos gostos e vontades da garotada atual não poderia levar a criação de novas atrações de sucesso e qualidade?
Já o “Bom Dia & Cia” tem como foco apenas os inúmeros desenhos e os sorteios de brinquedos, que a criançada fica louca para ganhar. Não que eu considere isso um incentivo ao consumismo desenfreado na infância, somente acho que poderiam procurar formas mais educativas e interessantes de entreter as crianças na busca pela audiência matinal. Tenho certeza que os apresentadores de ambos os programas têm capacidade suficiente de comandar atrações mais úteis e proveitosas, caso os diretores e produtores assim o quisessem. Infelizmente, eles não querem...
Já sobre a “Record Kids” (Pica-Pau, Pica-Pau, Pica-Pau e mais Pica-Pau) não precisa nem comentar, né? Os fatos falam por si.
Recentemente, a Band retornou com seu clássico “Band Kids”, que se assemelha muito aos anteriormente citados, pois foca-se quase que totalmente nas animações, deixando de lado outras maneiras de entretenimento.
Nessa avalanche de desenhos animados nas emissoras brasileiras, eu escolheria como os mais saudáveis e educativos os exibidos atualmente pela TV Cultura. “Arthur”, “Doug”, “Os Camundongos Aventureiros”, “Caillou” e “Pinky Dinky Doo" são sem dúvidas alguns dos desenhos que mais instigam a criatividade e imaginação dos telespectadores mirins e contribuem para a educação e desenvolvimento dos mesmos.
Porém, antes de terminar este post é necessário responder a uma pergunta básica: Se a maioria das crianças gosta mesmo é de desenhos e para elas quanto mais melhor, pra quê mudar a programação atual recheada de animações?
Bem, isso é realmente verdade. O público infantil sempre se identificou bastante com essa forma de entretenimento e eu sou até suspeito pra falar disso, pois sempre fui um telespectador assíduo dos desenhos da minha época (que diga-se de passagem eram simplesmente excelentes!).
Mas também no meu tempo de infância havia muito além disso. Os programas infantis não se resumiam a animações diversas e o entretenimento era muito mais saudável e interessante, pois havia uma preocupação com a qualidade e divertimento das crianças. Então por que não retornar com este tipo de atrações que realmente prendiam as crianças na frente da TV?
Segundo rumores que circulam pela Internet há vários meses, a “TV Colosso” retornará à grade de programação da Rede Globo no próximo ano. Nos resta torcer para que a atração realmente volte à ativa, seja um sucesso novamente e incentive as outras emissoras e a própria Rede Globo a investir mais em programas dignos e educativos para a garotada. O público infantil com certeza ficará bastante grato!

6 comentários:

André San disse...

Belo texto. Discordo de você quanto ao "malvado e impiedoso" Pica-Pau. Não que ele não o seja, mas não acho que isso represente alguma nocividade ao público mirim que o assiste. Acho que a TV brasileira está carente de programas infantis que respeitem a inteligência da audiência. Se formos "peneirar" tudo o que já se foi feito no filão na TV aberta comercial, pouca coisa realmente inteligente se salva. Eu salvaria apenas dois: o Disney Club, do SBT, e a TV Colosso, da Globo. Os dois contavam com roteiros divertidos e inteligentes, e tinham muitos fãs. Em menor grau, Bambuluá também foi um programa inteligente. Quadros como Jornal Globinho levavam informação de forma divertida à molecada, e a novelinha protagonizada por Angélica tinha uma trama muito bem construída. Acho que, se for para ressuscitar algum infantil, é TV Colosso e Disney Club que mereciam retornar. Senão, deve-se buscar qual o formato ideal de atração que interesse uma criança tão multimídia como a de hoje em dia.
André San, www.tele-visao.zip.net

BLOGARITMOX disse...

Nem a TV Cultura é mais o que já foi...

As crianças hoje não têm a quem recorrer! Só a Xuxa tenta fazer algo diferente; e mesmo assim não é o que as crianças buscam.

Pena!

aionr disse...

poisé hoje em dia a criançada não tem o que ver na tv, e isso é ruim...

Britto disse...

Muito bom, J!
Acho que é uma questão de fase. Deixa uma emissora começar a investir nesse público pra ver as outras copiando e "adaptando"... É sempre assim.

Tô Ligado disse...

Fala Jr, TDB?

É o que eu sempre digo lá no Tô Ligado!: não existem mais progrmas infantis. Acho que a TV esqueceu das crianças... Muito cogita a volta da TV Colosso, mas antes dessa volta devriam fazer uma pesquisa com os maiores interessados: as crianças. Para ver o que realmente elas querem asasitir na TV.

Boa semana!

Thaza disse...

Realmente a programação infantil de hj não é mais a mesma. É muita Liga da Justiça, lutas e brigas entre bem e mal. Algo bem ilusório e massivo.
Os desenhos da TV Cultura são muito educativos, tem vários segmentos em vários assuntos. Na TV Futura tbém tem uns desenhos muito bons, que inclusive eu adoro ver! rs

Ótimo texto

bjs