quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Dica de leitura – “Chico Mendes – Crime e Castigo”



Como os leitores do Anexo Secreto devem ter notado, estou tentando deixar o blog o mais diversificado possível, ao publicar alternadamente posts sobre os assuntos que são a identidade deste espaço: literatura, cinema, TV, música, curiosidades e quadrinhos.
Assim sendo, hoje é dia de dica de leitura, afinal, ler é sempre uma ocupação útil e agradável.
Minha indicação é a obra “Chico Mendes – Crime e Castigo” do célebre jornalista Zuenir Ventura. O livro gira em torno do assassinato do maior líder ambientalista brasileiro, do julgamento dos acusados e da realidade recente do lugar em que tudo aconteceu.
Chico Mendes foi morto em 22 de dezembro de 1988. Mundialmente conhecido por sua luta pela preservação da Amazônia, o seringueiro criou táticas pacíficas de resistência para defender a floresta, que a partir da década de 70, passou a sofrer um acelerado processo de desmatamento para dar lugar a grandes pastagens de gado. O “New York Times” já o havia considerado “um símbolo de todo o planeta” e a ONU já o havia premiado, mas Chico Mendes precisou ser assassinado para ser reconhecido no Brasil.
A obra de Zuenir Ventura é dividida em três partes. A primeira chamada “O Crime”, corresponde à primeira viagem que ele realizou à cidade de Xapuri, no Acre em 1989, logo após a morte de Chico Mendes, num clima de conflito e de ameaças. Na segunda, “O Castigo”, ele retrata a volta para o tão esperado julgamento dos acusados, em 1990. “Quinze anos depois” é a terceira parte e fala sobre quando Zuenir revisitou lugares e personagens que de alguma forma possuíram envolvimento no caso.
A obra, além de muito interessante e bem-estruturada, nos ajuda a enxergar melhor toda a questão da luta pela preservação da Amazônia, liderada pelo grande líder Chico Mendes.
Em uma narração impecável, com diálogos e descrições, Zuenir Ventura relata todo o caso do assassinato que tomou proporções mundiais e revela com detalhes os acontecimentos envolvidos num dos crimes mais conhecidos do país.
E para não perder o hábito: com certeza vale muito a pena ler!

O jornalista e escritor Zuenir Ventura

5 comentários:

aionr disse...

o livro parece interessante :)
Kristen Dunst é uma excelente atriz, acompanho seus trabalhos desde o tempo de Jumanji.

Tô Ligado disse...

Ow... parece que hoje foi o dia da leitura... postei tbm sobre Agua para Elefantes mais cedo.

Não lembro se votei no Eric Bana ou Natalie Portman... mas como vc fará para desempatar???

Boa semana
Brunno

BLOGARITMOX disse...

Chico Mendes é um dos poucos orgulhos do povo brasileiro, e o livro parece ser digno dessa grande figura!

J. Júnior disse...

Obrigado pelos comentários pessoal!

Brunno, a seção "Destaques do Cinema" será dedicada a Kirsten Dunst, pois ela ficou na frente dos demais durante quase todo o período de votação, empatando com a Dakotta Fanning somente no último dia (segunda-feira).

Ainda hoje, publicarei a seção! Não percam.

Abraços!

Keli disse...

Esse livro é muito bom, sua linguagem é fácil de interpretar e nos transporta para uma viagem.
Um personagem célebre nas páginas da história do Brasil.
Quanto a Kirsten, na minha opinião uma dos suas melhores interpretações foi de Maria Antonietta.

Abraços,

Keli Wolinger