domingo, 24 de maio de 2009

Curiosidades - Absurdos & Bizarrices

Todos nós sabemos que o mundo está repleto de situações e acontecimentos totalmente estranhos e inimagináveis. Isso já vem de muito tempo atrás, quando coisas inconcebíveis ocorriam nos quatro cantos do planeta e ainda continua hoje em dia, afinal, pessoas excêntricas existem em todas as épocas e lugares.
Por esse motivo fiz uma espécie de coletânea de fatos absurdos e curiosos para provar que vivemos num mundo louco e bastante imprevisível. Vai desde o inglês que pretende se casar com seu videogame ao cavalo que foi condenado a morrer na fogueira. Vale muito a pena conferir!

Inglês quer se casar com seu videogame

Muitas pessoas passam a vida inteira à procura de um grande amor para viverem juntos felizes para sempre, certo?. Mas um inglês de 29 anos, chamado Dan Holmes não quer nem saber de encontrar uma mulher que seja sua alma gêmea. Na verdade, ele já possui o seu grande amor: o seu próprio videogame. O inglês, que reside na cidade de Oxfordshire, procura por um padre que aceite celebrar o seu casamento com o seu Playstation 2. Isso mesmo, não é brincadeira! Ele afirma que já gastou aproximadamente 7 mil libras (cerca de R$ 23,5 mil reais) em consoles e cartuchos e que a próxima prova de amor ao seu videogame é o insólito matrimônio. Evidentemente, Dan ainda não conseguiu formalizar a união na Igreja, porém já conseguiu mudar na justiça, seu nome para Playstation 2. A fabricante do videogame, Sony, se pronunciou sobre o caso. Disse que o caso mostra uma "enorme lealdade" do consumidor.

Sinceramente, esse inglês não deve ser muito bom da cabeça...

Cavalo foi condenado a morrer na fogueira na França

No longínquo ano de 1639, os membros do Tribunal de Dijon, na França, condenaram um cavalo a morrer na fogueira por crime de homicídio. Segundo testemunhas do "crime" o animal premeditou jogar o cavaleiro no chão e quebrar lhe o pescoço e além disso estava possuído pelo demônio.

Puxa, que cavalo sádico e cruel!!... Mas falando sério, coitado do pobre animal...

A suposta bruxa que quase se livrou da morte... Quase!

Seu nome era Rosaura de Montalban e viveu em Florença, na Itália, no século 16. Possuidora de fascinante beleza, arruinou lares e fortunas de suas "vítimas" (que aliás não foram poucas). Denunciada como bruxa, Rosaura foi muitas vezes levada aos tribunais, mas sempre acabava absolvida porque enfeitiçava os juízes com seu belo sorriso. Mas certa vez, sua estratégia não deu certo: alguém lembrou de lhe cobrir o rosto com uma máscara de caveira e acabou sendo condenada à morte.

Que história surpreendente. Acho que daria um ótimo filme!

Seita soviética acreditava que a Bíblia limitava a vida humana em 40 anos

Durante o regime soviético, os seguidores da "seita dos subterrâneos", criada numa pequena aldeia dos Montes Urais, acreditavam que a Bíblia fixava o limite da vida humana em 40 anos. Quando um adepto da seita completava tal idade, era levado para dentro de uma caverna, onde sem comida, morria por desnutrição.

O fim do mundo anunciado por uma... galinha

No início do século XX, em 1906, a inglesa Mary Bateman passou a profetizar o fim do mundo, atraindo assim verdadeiras multidões. Segundo ela, uma de suas galinhas colocava ovos com a seguinte inscrição: "Cristo vem aí". Para completar, Mary dizia que o apocalipse aconteceria quanado a tal galinha pusesse o 14º ovo. É claro que havia um interesse financeiro por trás disso e logo Mary passou a vender a salvação das almas a preços acessíveis. Ela acumulou um bom dinheiro, até ser presa por charlatanismo quando foi flagrada enfiando na galinha os ovos com a inscrição divina.

Esses casos de vigaristas são mais comuns do que se imagina...

Profissão insólita

Infelizmente as pessoas que moram em países pobres são obrigadas a fazer verdadeiras loucuras para sobreviver. Exemplo disso é que em Uganda, existe uma profissão de comedor de bichos vivos. Pessoas são pagas para provar animais diversos como cobras, ratos, insetos, lesmas, sapos e lagartas. Há pouco tempo, uma jovem chamada Namenya morreu após ter comido um camaleão. Sua "tabela" de preços era a seguinte:

Cabeça de cobra ou lagarta - R$ 1, 70
Sapo - R$ 1, 15
Rato - R$ 0, 57
Borboleta - R$ 0, 23

É realmente triste essa realidade. Pessoas pobres tem que se submeter a isso para sobreviver nesse mundo cheio de injustiças.

Fonte: Portal Terra

4 comentários:

André San disse...

Huhauhauhauha! Ótimas histórias!
André San, www.tele-visao.zip.net

Colaborador disse...

A bruxa é a melhor!!

Bia disse...

É impressionante como existem pessoas sem noção!

Parabéns pelo blog!

Luck disse...

Muito bacana a postagem! Uma coisa mais bizarra que a outra! shauhsuahsuahsuha Coitado do Cavalo. =/ E coitada das galinhas que tinham seus ovos de volta. =X