terça-feira, 17 de agosto de 2010

Especial VMA


A desastrosa e estranha performance de
R. Kelly na edição de 2005

Poucas apresentações podem ser consideradas tão esdrúxulas e mal desempenhadas como a de R. Kelly na edição de 2005 do Video Music Awards. O artista entrou no palco sob os aplausos da platéia levada ao delírio, e saiu também sob palmas... porém acompanhadas de estranhamentos e dúvidas inevitáveis... Afinal, o que teria sido aquilo? Uma apresentação infeliz que deveria ser negligenciada pela memória dos presentes e telespectadores de todo o planeta? Ou uma prova incontestável que R. Kelly estava ficando afetado, mentalmente falando?


Deixa que eu explico melhor. Na edição de 2005 do VMA, realizada no dia 28 de agosto daquele ano, todos esperavam uma performance da canção “Trapped in the Closet”, composta pelo próprio cantor que iria apresentá-la na ocasião. A questão é que nem parecia que o próprio Kelly havia escrito a letra da música, pois sua desastrosa sincronização de lábios – o famoso playback – foi totalmente desconcertante.
Combinemos que nos últimos tempos, o playback e a pré-gravação de vocais tem se tornado bem freqüentes entre variados artistas. Até aí tudo bem... R. Kelly não seria nem o primeiro nem o último a fazer uso de tal artifício habitual. Porém, o fato dele estar completamente perdido na sincronização de lábios de sua própria canção e estar “engolindo” e pulando frases inteiras da mesma – que por sinal só contribui para o desastre da apresentação, visto que é bem esquisita também – só aumenta a vontade para que a performance acabe logo e leve embora consigo o sentimento de vergonha alheia.
Durante algumas frações de minutos da performance, Kelly ainda grita palavras que nada tem a ver com a canção e que nem sequer estão na música. Totalmente confuso, ele finge tirar os brincos sem nenhuma razão compreensível... Nos dias seguintes à apresentação, o artista foi duramente criticado pela imprensa em geral por estar visivelmente inapto para desempenhar a performance naquele momento e ainda por cima deixar um desempenho tão sofrível manchar sua carreira. Ou seja, foi tudo um desastre total. Confira no vídeo abaixo e tire suas próprias conclusões.



Nos momentos iniciais, até que R. Kelly consegue enganar bem... A situação
 fica constrangedora mesmo é nos minutos finais da apresentação.


Este momento constrangedor e absurdamente grotesco com certeza ainda deve estar vivo na memória de muitos dos leitores que estão acompanhando este “Especial VMA”, afinal ele aconteceu no ano passado e foi considerado um dos episódios mais absurdos da história das premiações musicais. Como de hábito quando se ganha um Moonman ou qualquer outro prêmio em eventos desta estirpe nos Estados Unidos, a cantora country Taylor Swift subiu ao palco para fazer seu discurso de agradecimento por ter faturado a categoria de “Melhor Vídeo Musical Feminino” pelo videoclipe da canção “You Belong With Me”. O que ninguém esperava é que no meio da fala da simpática e singela cantora, um mal educado sem noção de nome Kanye West (nunca havia simpatizado com ele, depois dessa então...) iria subir ao palco, tomar o microfone da mão da vencedora e interrompê-la ao proferir palavras grotescas que deixavam claro sua total despreocupação para com o que Taylor sentia naquele momento de reconhecimento de seu trabalho árduo. O parvo e estúpido cantor disse para quem quisesse ouvir que ficava feliz pela conquista de Taylor – quanta hipocrisia – mas que quem deveria ter faturado o prêmio era Beyoncé, pois esta havia feito um dos clipes mais sensacionais de todos tempos – o econômico “Single Ladies”.
A própria Beyoncé e o restante do público ficaram chocados com a afirmação do rapper. Alguns dos presentes mostraram a sua indignação com vaias e manifestações de apoio à estupefata Swift. Quando Beyoncé venceu a categoria "Vídeo Musical do Ano", chamou Taylor ao palco para completar o discurso de sua primeira conquista de um Moonman. Após o absurdo episódio, o arrogante Kanye quis amenizar a grande mancada que havia cometido e através de seu site pessoal na Internet e do programa Jay Leno Show, pediu desculpas pelo ocorrido. Sei não, hein West?
Segundo rumores, o artista estará presente na edição do VMA deste ano. Torçamos para que ele não repita atitudes tão deploráveis e constrangedoras como esta. Aliás, se porventura ele o fizer que escolha uma vítima com fãs tão complacentes e tranquilos como os de Taylor Swift. Caso contrário, os fãs super radicais de determinados artistas podem gerar consequências bem mais sérias para ele.

Para rever a lamentável cena, clique aqui. Surpreendentemente, não foi possível encontrar um vídeo com qualidade ao menos mediana para colocar no post. Todos os que encontrei estavam em péssima qualidade. A única execeção foi este que encontrei no YouTube, mas que infelizmente não pode ser incorporado a outros sites ou blogs, pois teve tal permissão desativada.


7 comentários:

Britto disse...

Memorável a gafe de Kanye West! Será que estava sob efeito de entorpecentes?!

P.S.: Gostei do banner ali em cima :P

aionr disse...

ODEIO o kannie west por causa disso..

:@ Foi mmuito mais que uma gafe
momento memoravel...

to adorando o especial falando nisso

abraço!

Augusto César disse...

Pois é, eu até já comentei sobre essa gafe de Kanye West aqui no seu blog. De fato, a atitude foi vergonhosa e desnecessária... Mas é preciso convir que o clipe de “You Belong With Me” não é lá grande coisa. É algo totalmente simples, não surpreende, enfim... Já o de "Single Ladies" - mesmo econômico (adorei, hehehe) - foi uma sensação e marcou bastante pela coreografia sexy e bem coordenada.

Eu, na falta de coisa melhor, prefiro o video da Bey - apesar de já não suportar mais ouvir essa música, hehehe.

Abraço, Júnior!

• blogaritmox • disse...

Antológica (e fresquinha) essa do Kanye West. Me lembro bem!

O vídeo é caçado como uma bruxa, desde que o Kanye se deu conta da patacoada que fez. Até no Daily Motion, onde a censura é moderada, não tem uma cópia desse vídeo que fique.

Abraços, e parabéns de novo!

Anônimo disse...

Amiable post and this mail helped me alot in my college assignement. Gratefulness you for your information.

Tô Ligado disse...

Hehe.. dedicado ao prêmio hein??? E pra vc, quem são seus preferidos deste ano???

Abraços

@Raspante disse...

O caso de Wes t Swift é inesquecível e entrou para a história do VMA, hahaha.
..