sexta-feira, 8 de maio de 2009

A melhor turma das HQs brasileiras


Quando ganhei meu primeiro gibi da Turma da Mônica em 1997, logo percebi que as histórias em quadrinhos criadas por Maurício de Sousa haveriam de fazer parte da minha vida por um longo tempo, visto que são poucas as revistas que são tão agradáveis e divertidas. O gibi com o qual começei minha valiosa e extensa coleção era uma edição de julho de 1996 que ganhei de uma prima, à qual devo gratidão pela ótima oportunidade de ter conhecido a turminha mais famosa das HQs brasileiras.
O título da primeira história da revista era "Quase irmãs" em que as duas melhores amigas Mônica e Magali "decidiam" virar irmãs. É claro que não deu certo e a confusão foi tão grande quanto aquelas protagonizadas pela gorducha Mônica e o traquinas Cebolinha, ambos moradores da conhecida Rua do Limoeiro.
A revista toda proporcionava uma deliciosa leitura e os personagens cativantes, as ótimas histórias e piadas me prenderam total atenção, levando-me posteriormente a colecionar o máximo de gibis que na época eram publicados pela Editora Globo (na minha opinião a melhor fase das produções de Maurício de Sousa e sua equipe)
A partir daquele dia não parei mais de adquirir e "devorar" os gibis da Turma da Mônica. Gostava (e ainda gosto, é claro) de todos os personagens criados pela mente brilhante e inventiva daquele que, na minha opinião, é o maior desenhista do Brasil. Porém, os que mais conquistaram minha preferência foram o "quarteto fantástico" formado por Mônica, Cebolinha, Magali e Cascão e toda a turma da roça, cheia de personagens puros e inocentes, encabeçados por Chico Bento e Rosinha. Além destes, não poderia deixar de citar ainda a super galera adolescente do universo criado por Maurício de Sousa, formada por Tina, Rolo e companhia.
Lembro que as idas às bancas de revistas eram momentos de verdadeiro prazer e satisfação, apesar da difícil decisão a ser tomada: escolher um ou dois gibis, em meio a tantos, cheios de histórias super legais e engraçadas.
Atualmente, não estou mais adquirindo tantas revistas como antigamente, mas não deixo de ficar sempre ligado nas novidades dos gibis mais divertidos do país, que aliás estão mais bem-sucedidos do que nunca, pois as edições da Turma da Mônica Jovem são as mais vendidos no mundo. Isso mesmo, no mundo!



4 comentários:

Luck disse...

Os gibis da Turma da Mônica são os melhores, na minha opinião. Toca vez que encontro um e há oportunidade de lê-lo, não perco tempo e leio o máximo que posso.

Estou louco pra ler ao menos uma edição de Mônica Jovem.

• blogaritmox • disse...

E que sacanagem a Globo fez por não exibir os desenhos da Turma, que em qualidade não devem nada aos estrangeiros. Muito estranho isso.

Mauricio criou uma turma muito rica, e para quem não tem costume de ler, seus gibis são um ótimo incentivo.

Já acompanhei mais a turma, infelizmente hoje eu não tenho tanto contato. Mas eles são uma boa lembrança.

Abraço!

André San disse...

Legal seu blog! Vamos trocar links sim. Bom, eu sou fã da turma. Comecei a ler (ou melhor, a ver, pois não sabia ler) aos quatro anos e continuo lendo agora, aos 24. Acho que a melhor fase da turma é a atual. O humor é mais non sense, os personagens são mais "lerdos" e o espaço a coadjuvantes, como Xaveco e sua família, além da espertíssima Denise, deixou as histórias ainda melhores. Turma da Mônica Jovem é bacana também, mas é outra coisa, outro universo. A Turma original é a melhor e merece espaço na TV aberta, como comentou outro internauta neste espaço. Por que uma animação genuinamente nacional só tem espaço no Cartoon Network??? Alguma coisa tá errada! Abraço!
André San, www.tele-visao.zip.net

Lowramy disse...

Adorooo a turma da Mônica... Gostei da postagem... vc tem razão qd diz q eh a melhor revista de HQs do Brasil...

Adorei seu blog!!